segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Os benefícios da corrida intervalada

Vindo da Dinamarca, o novo treino melhora tanto o desempenho nas pistas como a própria saúde.


O fisiologista Thomas Gunnarsson criou, junto com parceiros da Universidade de Copenhague, o método batizado de 10-20-30, composto de períodos de passadas bem aceleradas intercaladas com trotes leves (entenda exatamente no que ele consiste abaixo). A ideia original era incrementar o resultado em provas - o que, diga-se de passagem, de fato ocorreu. "Mas, além de os voluntários diminuírem em quase um minuto seus tempos em uma corrida de 5 quilômetros, eles apresentaram menores índices de colesterol e pressão sanguínea", destaca Gunnarsson. "Os resultados são surpreendentes em especial porque os participantes já eram treinados. Acreditamos que a variação de intensidade seja a responsável pelos benefícios", conclui.

Não é para qualquer um

Quem pode Indivíduos com preparo no mínimo moderado e que tenham sido avaliados recentemente por um especialista.

Quem não pode Obesos e sedentários. Eles devem consultar um médico do esporte e pegar leve por meses antes de apostar na tática.

Como o 10-20-30 funciona

Um cronômetro é tudo de que você precisa para adotar a prática. Confira abaixo

1. O aquecimento Antes de tudo, corra numa boa por 1 quilômetro. Isso deixa os músculos prontos para aguentar o tranco.

2. O revezamento Após esquentar, trote devagar por 30 segundos, corra em ritmo moderado por 20 e, aí, dê um pique por dez. Repita cinco vezes e, então, descanse por dois minutos. A proposta é fazer tudo isso quatro vezes, o que dá cerca de 28 minutos de malhação.



Fonte: Revista saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário